Sede do Banco da Espanha, Madrid, Espanha

 

Após mais de dez anos desde a nossa primeira intervenção no Edifício do Banco de Espanha, catalogado como Bem de Interesse Cultural, os proprietários voltaram a confiar na Kalam para a restauração dos 12.000m2 da sua fachada de pedra granítica de Alpedrete, pedra calcária de Alconera e mármore de Carrara, correspondentes ao Edifício Principal e ao Edifício de Ampliação de 1975. A restauração, projetada por Valentín Berriochoa, compreendeu a fixação mediante hastes em aço inoxidável e resinas epóxi das cornijas e modilhões de pedra, eliminando as galgas oxidadas que provocaram a fratura dos grandes silhares de pedra, a micro união e a selagem de gretas e fissuras, a junção de silhares e a restituição de volumes com argamassas epoxídicas, a limpeza e eliminação de eflorescências, a preconsolidação e a aplicação de pátinas e tratamentos antigrafitti nas paredes da fachada, assim como a incorporação de zinco no sistema das juntas belgas nas cornijas. Também se restauraram os elementos de ferro forjado das plantas inferiores, as tubagens do pátio inglês, a iluminação da fachada e as ameias de zinco da cobertura.

KALAM, within the framework of the ICEX Next Program, has received support from ICEX and co-financing from the European Regional Development Fund. The purpose of this support is to contribute to the international development of the company.

European Regional Development Fund

A way to make Europe